Prefeitura de Itajaí

SEMASA | Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura

115 SAC 0800 645 0195 (47) 3344 9000 WhatsApp (47) 99261 3492

Novidades

Semasa informa: Itajaí enfrenta nova alta na salinidade

Terça, 31 de outubro de 2006, 13h59

Salinidade apresentou altas desde sexta-feira (28/10), e se deve à escassez de chuvas e à queima de uma moto-bomba no Itajaí-Mirim. Conserto está previsto para amanhã.


Em setembro, o CIRAM – Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina – informou o final da estiagem que afetou todo o Estado. O nível de chuvas, que em alguns meses chegou a sofrer uma redução de 80%, chegou próximo de uma normalização a partir de setembro, e este cenário persistiu até outubro.

Em Itajaí isto se reverteu em uma redução significativa na intrusão da cunha salina, com os índices apontando a potabilidade da água em diversos momentos. No entanto, mesmo com o final da estiagem constatado, os relatórios de salinidade do final de outubro indicaram altas de até 2600mg de sal/litro.

O diretor geral do Semasa Marcelo Sodré, explica uma das causas do aumento repentino: “nós temos uma moto-bomba que fica a 2 Km do ponto de captação de água, e que ajudava a reduzir a quantidade de água salgada que era captada. Na semana passada, este aparelho queimou”. O conserto da moto-bomba foi realizado no Rio Grande do Sul, na fabricante Higra, e o retorno está previsto para amanhã.

Mesmo operacional, a moto-bomba não resolve o problema da salinidade por completo. “Nós precisamos mesmo é de chuva”, avisa o engenheiro sanitarista Wolfgang Roedel. Segundo ele, normalmente a bomba reduzia a intrusão da cunha salina em 40%, e que a baixa vazão do Itajaí Mirim é a grande responsável pela alta na salinidade.

No entanto, tanto Sodré quanto Roedel concordam que a construção da barragem é o final definitivo para este problema: “Quando a barragem estiver pronta, não precisaremos mais utilizar a moto-bomba”, assegura o engenheiro sanitarista. Já o diretor geral prevê “o fim de um problema crônico na cidade, e que vai resolver este problema pelos próximos 15 anos”. A barragem tem previsão de entrega para final de janeiro.

Enquanto as altas salinidades persistirem, o Semasa mantém o abastecimento de 79 pontos de distribuição de água potável em Itajaí. A lista com estes pontos, assim como os índices de salinidade atualizados de hora em hora, estão disponibilizados no site do Semasa (www.semasa-itajai.com.br). Mais informações também no telefone gratuito 0800 645 0195 ou no e-mail escreva@semasa-itajai.com.br.

Imagens


115 SAC 0800 645 0195 (47) 3344 9000 WhatsApp (47) 99261 3492

escreva@semasaitajai.com.br

Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura

Rua Heitor Liberato, 1189, São Judas, Itajaí, SC, CEP 88303-101