Prefeitura de Itajaí

SEMASA | Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura

115 SAC 0800 645 0195 (47) 3344 9000 WhatsApp (47) 99261 3492

Novidades

Obra da Barragem recebe mais de 500 visitantes em dois dias

Segunda, 13 de novembro de 2006, 14h38

No último sábado, o aposentado Osvaldo Gurske, de 74 anos, acordou cedo para um compromisso importante. Ele atendeu a um convite do prefeito Volnei Morastoni para visitar a obra da barragem do Rio Itajaí-Mirim. O investimento de R$ 4,5 milhões vai resolver definitivamente o problema da cunha salina. A primeira etapa da barragem deve ficar pronta na segunda quinzena de dezembro. A partir daí a água potável voltará às torneiras de Itajaí e Navegantes.

Às 9h, seu Osvaldo estava em frente ao Semasa e fez parte do primeiro grupo que foi de ônibus até à barragem. No local, ele e outros visitantes, além da imprensa, encontraram uma estrutura montada com a apresentação de todo o projeto da obra. Engenheiros e diretores do Semasa, explicaram, passo a passo, todo o projeto. No canteiro de obras, os visitantes puderam acompanhar a concretagem da primeira metade da barragem. Seu Osvaldo ouviu atento a explicação, fez perguntas e terminou a visita satisfeito. “Agora eu sei direitinho o que o prefeito Volnei está fazendo para resolver o problema da obra”, declarou Gurske.

O prefeito Volnei Morastoni e o diretor geral do Semasa, Marcelo Sodré passaram o final de semana recepcionando os visitantes. “Queremos que cada um de vocês esclareça dúvidas e seja um multiplicador de informações pela cidade. Queremos mostrar o que este governo está fazendo para acabar com a ameaça do sal nas nossas torneiras”, explicou Morastoni. “Esta obra é histórica, afinal. há 30 anos se registra a intrusão da cunha salina no Itajaí-Mirim sem que nada tenha sido feito para resolver definitivamente o problema”, complementou Sodré.

A obra da barragem prevê a construção de oito comportas que podem ser abertas de maneira independente. Haverá um sensor de salinidade próximo a ponte do Itajaí-Mirim que vai indicar quando o sal se aproxima do ponto de captação. Assim que o sistema acusar a intrusão da cunha salina, as comportas descem impedindo a entrada do sal. “Da mesma forma, do outro lado, quando houver chuva e o leito do rio precisar de vazão, o sensor vai indicar a abertura do sistema”, complemente o engenheiro e assessor de planejamento do Semasa, Fábio Inthurn.

O prefeito Volnei Morastoni salienta ainda que qualquer cidadão pode visitar a obra da barragem e esclarecer dúvidas com os técnicos da autarquia. A visita pode ser agendada com a Assessoria de Comunicação do Semasa, pelo telefone (47) 3344 9004. O Semasa colaca ônibus a disposição da população para grupos interessados em conhecer o trabalho que está sendo feito, cerca de 300 metros do ponto de captação da água.

Imagens


115 SAC 0800 645 0195 (47) 3344 9000 WhatsApp (47) 99261 3492

escreva@semasaitajai.com.br

Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura

Rua Heitor Liberato, 1189, São Judas, Itajaí, SC, CEP 88303-101